Translate

25/08/2012

A Psicologia - Ciência com um longo passado e uma curta história

Longo passado – os “mistérios da mente” e os enigmas do comportamento humano desde bem cedo despertaram interrogações:
  • O que são sonhos? Fantasias sem sentido? Forma de comunicação com potências sobrenaturais? Qual a relação entre sono e sonhos?
  • Já nascemos com determinadas capacidades ou é tudo resultado de experiência e aprendizagem? Seremos, por natureza, conformistas e obedientes?

Curta história – só a partir de 1879 a psicologia assume características cientificas. A investigação basear-se-á na observação, no registo sistemático de dados e na experimentação, inicialmente em laboratório e depois também em ambiente ecológico. Até então limitada às especulações dos filósofos, a psicologia emancipa-se e, adotando um método científico, torna-se um ciência.
Há, em suma, um longo passado de questões sobre o comportamento humano e os processos mentais, mas uma curta história de respostas científicas a essas questões.

Os dois grandes momentos da história da psicologia
Psicologia pré-científica – conjunto de teorias resultantes de especulações não submetidas a testes empíricos (antes de 1879).

Psicologia como ciência – conjunto de teorias submetidas a testes empíricos e formadas mediante métodos que valorizam a experimentação e a observação (depois de 1879).

Sem comentários:

Enviar um comentário