Translate

18/05/2013

Figuras de Semântica ou de Pensamento

Litote (s) – expressão de uma ideia afirmativa através da negação do seu contrário, com a intenção de atenuar o seu sentido.
Ex.: “Nariz alto no meio e não pequeno”
(Bocage)

Metáfora – aproximação entre dois conceitos ou duas realidades, que partilham entre si uma mesma característica.
Ex.: “A vida
é o bago de uva
macerado
nos lagares do mundo”
(Carlos de Oliveira)

Metonímia – referência a uma realidade através de uma palavra que remete para uma outra com a qual mantém determinadas relações. Pode assumir diversas modalidades: a causa pelo efeito; o efeito pela causa; a matéria pela coisa; o abstrato pelo concreto; o concreto pelo abstrato; o instrumento pela pessoa que o utiliza; o autor em vez da obra; o lugar de procedência pelo objeto.
Ex.: Nas próximas férias vou ler um Eça.
Mesmo indisposta, ela terminou o seu prato.

Paradoxo (ou Oximoro) – utilização de palavras ou ideias contraditórias na apresentação de uma realidade. Não deve confundir-se com a antítese, uma vez que representa em relação a ela um fortalecimento da ideia de oposição, conseguido pela expressão de uma contradição no seio de uma mesma entidade. Os dois termos que para ela remetem excluem-se mutuamente, destacando o seu carácter excecional.
Ex.: “Amor é fogo que arde sem se ver,
é ferida que dói e não se sente;
é um contentamento descontente,
é dor que desatina sem doer.”
(Luís de camões)

Perífrase – expressão por demasiadas palavras daquilo que poderia ser dito em poucas.
Ex.: “Estando de posse do processo milagroso em que o entendimento se livra da cegueira e transforma umas riscas de giz numa palavra…” (= leitura)

Personificação (ou Prosopopeia) – atribuição de qualidades, sentimentos ou ações especificas dos seres humanos a seres inanimados, abstratos ou animais.
Ex.: “A chuva é obrigada a sentir que eles nem as encostas lhes estendem…”
(Jorge de Sena)


Sem comentários:

Enviar um comentário