Translate

10/11/2012

Críticas ao Método Introspetivo

1- A introspeção é um método que limita em demasia o campo da investigação psicológica.
Domínios importantes da investigação e da pesquisa psicológica, como o comportamento animal, o desenvolvimento infantil, as perturbações e distúrbios comportamentais, não podem ser estudados utilizando o método introspetivo.

2- A introspeção é, no fundo, retrospeção.
Há uma diferença evidente entre viver uma determinada experiência consciente e transmitir verbalmente a informação sobre o estado de consciência vivido. A vivência e a descrição da vivência não acontecem simultaneamente: o que se descreve é algo que já passou ou foi vivido. Daí o risco de a descrição ser incompleta, imprecisa e também o caráter inverificável dos dados que ela fornece.

3- A introspeção modifica a experiência psíquica.
Tomar consciência de um estado psíquico é uma atividade psíquica que modifica necessariamente o fenómeno que se observa. Uma coisa é a vivência a descrever, outra coisa a auto-observação e análise de tal vivência.

4- Na sua forma clássica, a introspeção não permite o acesso a zonas do psiquismo, reconhecidamente importantes, que escapam à consciência.
Os processos psíquicos inconscientes, desde Freud reconhecidos como importantes na nossa vida mental, não são alcançáveis mediante a metodologia proposta por Wundt.

5- Para existir observação de tipo científico é necessário que o sujeito que observa e o objeto a ser observado se distingam.
Segundo Comte, é impossível que o sujeito que observa os seus estados de consciência se possa dividir em dois: em sujeito que vive uma experiência e em sujeito que se veria a viver essa experiência. Daí que o fundador do positivismo conclua que os estados de consciência não podem ser estudados objetivamente, não são fatos científicos.

6- Os conhecimentos ou dados que a introspeção visa alcançar só podem ser comunicados pela linguagem e há experiências que são muito difíceis de exprimir verbalmente, através de palavras.


Sem comentários:

Enviar um comentário