Translate

03/04/2012

O que é argumentar?

Argumentar é um acto do quotidiano, ou seja, um acontecimento que todos os dias que cada um pode experienciar  quer como actor (orador) quer como espectador (auditório). A comunicação humana não se limita à utilização de regras da Lógica Formal, pois alem de querermos pensar correctamente, também queremos persuadir e seduzir os outros para os levar a aderir aos nossos pontos de vista. O discurso que produzimos, quando argumentamos, tem características muito diferentes das do discurso lógico-demonstrativo, quando abordamos o problema da validade lógica dos argumentos dedutivos.
É por isso que além da Lógica Formal existe também a Lógica Informal - o estudo dos argumentos persuasivos usados nas relações interpessoais quotidianas, na propaganda, em debates e nos diversos meios de comunicação social.

Acto de comunicação - acto (acta de fala/discurso) mediante o qual um ser humano (sujeito) partilha com os outros as suas opiniões, pontos de vistas, posições, as suas teses sobre um determinado assunto, tema ou problema.
Trata-se de um acto de razão/pensamento porque se argumentar implica apresentar um conjunto de razões/justificações (argumentos) que possam sustentar a tese defendida e planear o encadeamento dos argumentos (estratégia argumentativa) de modo a provocar ou aumentar a adesão do auditório.


Comunicação argumentativa - processo de troca de mensagens cuja finalidade é a procura da adesão dos outros às nossas teses, perspectivas ou opiniões. Tal processo exige o uso da razão e do pensamento.


Argumenta-se sobre o quê?
Temas/problemas sobre os quais:
  • Recai a dúvida
  • Não há consenso ou unanimidade
  • É possível defender (de um modo sustentado, com argumentos) duas ou mais posições) - Teses
«O domínio (campo) da argumentação é o domínio do verosímil, do plausível, do provável na medida que tal domínio escapa às certezas da do cálculo» - C. Perelman

Argumentação - actividade social, intelectual que utilizando um conjunto de razões bem fundamentadas (argumentos), visa justificar ou refutar uma opinião e obter a aprovação e a adesão de um auditório.

Sem comentários:

Enviar um comentário