Translate

27/08/2012

Psicologia Educacional

A psicologia educacional é, em termos gerais, uma área da psicologia aplicada centrada na promoção do sucesso educativo, do desenvolvimento e adequação das instituições educativas à realidade global.
O psicólogo educacional tem um campo de intervenção bastante amplo, uma vez que trata dos aspetos psicológicos da educação em crianças e pessoas adultas de todas as idades.
Costuma pensar-se que o psicólogo educacional intervém no interior da instituição escolar para apoiar e orientar estudantes que manifestam dificuldades de aprendizagem e de ajustamento ao processo educativo. Esta tarefa é simplesmente um dos aspetos da atividade do psicólogo educacional. Os psicólogos da área educacional dedicam-se também, por exemplo: a definir critérios a que deve obedecer a formação de professores; a estabelecer, de acordo com princípios fundamentais do desenvolvimento cognitivo, o momento em que no processo educativo são possíveis determinadas aprendizagens; a avaliar e desenvolver currículos, materiais e métodos do processos ensino-aprendizagem; a determinar o efeito dos educadores no comportamento dos educandos; a elaborar programas e métodos que formem e aconselhem professores e pais no auxílio a crianças com problemas emocionais e de aprendizagem.

Dentro do campo de atuação do psicólogo educacional estão as instituições, métodos, currículos e estruturas do sistema educativo. A sua intervenção é importante no que respeita aos objetivos da educação, à orientação escolar e vocacional/profissional, intervindo junto de organizações sociais como as instituições educativas, trabalha em colaboração e diálogo com professores, pais, alunos e outros participantes no processo educativo. Uma vez que o percurso escolar de um individuo é simplesmente um dos aspeto do seu desenvolvimento e é influenciado pela interação com os outros fatores, o psicólogo educacional não se pode limitar ao aconselhamento em estratégias e métodos de ensino-aprendizagem, em matéria de currículos e de recursos educativos. Com efeito, uma instituição educativa é uma realidade social e económica, com as suas contradições e ambiguidades, com um modo de funcionamento e de ligação à comunidade onde se insere que pode dificultar ou facilitar a atividade educativas. Por outro lado, a intervenção na promoção e desenvolvimento do sucesso educativo – não meramente escolar – exige atenção ao individuo enquanto membro da comunidade educativa. Assim, numa perspetiva educacional e não terapêutica, o psicólogo educacional pode aconselhar os membros da comunidade educativa no que respeita a problemas emocionais e distúrbios comportamentais de pessoas direta ou indiretamente envolvidas na vida da escola.

Sem comentários:

Enviar um comentário