Translate

30/07/2012

O valor/possibilidade do conhecimento


  • É possível um conhecimento seguro e objectivo?
  • Há conhecimento universal, isto é, válido para todos ou todo o conhecimento é relativo?
  • Quais serão os limites do conhecimento? Podemos conhecer todo o tipo de objectos?
Dogmatismo
É a doutrina que defende ser possível ao homem atingir verdades absolutas, isto é, conhecimentos objectivos, caracterizados pela universalidade e necessidade.
O dogmatismo encontra no racionalismo uma forma de se afirmar. De facto, todos os racionalistas assumem, de uma maneira geral, uma atitude optimista quanto às possibilidades do conhecimentos. Desde que as pessoas façam uso da razão de acordo com as regras lógicas, tudo podem conhecer e explicar, nomeadamente Deus e a alma (questões metafísicas). O dogmatismo defende a apreensão absoluta da realidade pelo sujeito.
Assim, o dogmatismo é a crença de que podemos obter conhecimentos seguros e certos e de que o nosso poder de conhecimento pode abarcar progressivamente toda a realidade. Descartes julgava possível a descoberta, simplesmente através da razão, de todos os segredos da realidade. 

Cepticismo
Doutrina que nega ao Homem a possibilidade de um conhecimento objectivamente válido.
Em oposição ao dogmatismo, os cépticos sustentam a tese de que é impossível atingir qualquer certeza, isto é, defendem que não se pode afirmar nenhum conhecimento como sendo infalivelmente verdadeiro - é impossível atingir qualquer certeza.
Nenhuma proposição universal pode ser declarada necessariamente verdadeira. A verdade dos conhecimentos ou proposições universais que constituem a ciência é contingente (podem vir a revelar-se falsas).
Dúvida não só de que seja possível conhecer toda a realidade, mas sobretudo de que seja possível alcançar conhecimentos firmes e seguros.

Criticismo
O Criticismo (posição intermédia) afirma que a razão pode alcançar conhecimentos firmes e seguros, embora limitados ao âmbito dos objectos empíricos. Em relação ao problema do valor e limites do conhecimento, Kant adopta uma posição crítica, acabando por determinar os limites dentro dos quais o Homem tem possibilidade de conhecer a realidade. Em comum com o racionalismo dogmático, tem confiança nas capacidades da razão para atingir o conhecimento verdadeiro. A ciência é possível enquanto conhecimento fenoménico do universo. Porém, afasta-se do dogmatismo ao considerar que, a nível de conhecimento nem tudo é possível, havendo limites intransponíveis - é impossível o conhecimento de entidades metafísicas (só podemos conhecer aquilo que é dado pela experiência sensível e ordenado posteriormente pelo entendimento).


Sem comentários:

Enviar um comentário