Translate

30/12/2011

Será legítimo utilizar os seres humanos como cobaias?

A utilização de animais ou pessoas em estudos experimentais em laboratórios, provocou o surgimento de uma questão: será legítimo utilizar os seres humanos como cobaias. A resposta a esta questão é muito complicada, visto que é diferente consoante o ponto de vista. Se avaliarmos esta questão sob a perspectiva de Kant, iria ser ilegítimo, visto que iríamos contra uma normal moral, ao instrumentalizarmos os seres humanos, fazendo-os passar como cobaias. Mas, iríamos ter uma resposta contrária se avaliássemos a questão do ponto de vista de Stuart Mill. Segundo o ponto de vista deste filósofo, a utilização dos seres humanos como cobaias iria ser legítima, pois contribuiria para uma maior satisfação pelos indivíduos, visto que iria ser encontrada a cura para alguma doença, por exemplo.
Pessoalmente, estamos divididos entre a perspectiva de Kant e a de Stuart Miil. Isto é, por um lado é necessário testar as novas descobertas, sejam elas medicamentos, produtos estéticos ou qualquer outra coisa, pois hoje em dia estas necessidades são cada vez mais essenciais e também, ao descobrirmos a cura para determinadas doenças, estamos a contribuir para que muitas vidas sejam salvas, num futuro próximo. Por outro lado, pensamos que o ser humano não devia ser instrumentalizado e, por isso, não devia servir de cobaia. Mas aí é colocada a questão: então se as novas descobertas não são testadas em seres humanos, como saberemos se são eficazes? Testando-as em animais? Parece-nos que essa também não é uma boa solução porque, para além de também terem os seus direitos que não queremos ver violados, os efeitos em si podem ser diferentes, visto que a espécie é diferente.
Deste modo, é possível perceber a necessidade que existe em utilizar os seres humanos como cobaias, tendo em vista a evolução da Ciência e, posteriormente, a preservação de muitas vidas. Apesar de, ao servirem de cobaias, estarem a colocar a sua saúde e, quem sabe até a sua vida em perigo, estão a contribuir para descobertas importantes que podem salvar muitas vidas. Do nosso ponto de vista, este é, talvez, o único aspecto positivo e com o qual nós concordamos acerca deste assunto.


Sem comentários:

Enviar um comentário